Porque as Pessoas Deveriam Ler Mangá e Assistir Anime

Porque ler mangá e assistir anime

Muitas pessoas as vezes me perguntam “Por que você  lê(Mangá) ou assisti(Anime)?” , bom muitos pensam que ler um mangá ou assistir um anime é apenas para passar o tempo, claro não nego que também seja um lazer, mas em meu ver é muito mais que isso, Mangás e Animes retratam histórias, e em meio dessas histórias você pode aprender muitos valores, tais como Amizade, Cultura, Amor e até mesmo vivenciar algumas experiências em meio a obra que você se identifica, eu particularmente gosto muito de Dragon Ball, Naruto, Nanatsu no Taizai, One Piece, Blue Exorcist, Death Note e Full Metal Alchemist pois são histórias que realmente me cativaram, mas cada pessoas tem seus gostos diferenciados, existem muitos Mangas/Animes realmente muito bons e para todos os gostos, vou explicar um pouco da história do Mangá/Anime.

chapeu de javali notcias de animes, mangas, jogos e afins - porque ler e assistir manga e anime

Os termos Mangá (popular quadrinização) e Anime serão utilizados em conjunto, pois o primeiro e o segundo geralmente seguem a ordem por roteiro e depois vira animação. Se você já foi um fã e deixou de lado, ou se é um completo leigo, vou então tentar ajuda-los a se interessar!

Vamos trabalhar a seguinte ideia, uma boa história sendo bem contada pode se tornar ruim de acordo com o seu formato? Cinema, teatro, TV, livro? Considere apenas isso, a linguagem como é contada pode tornar mais simples ou atrativa, mas uma história realmente boa e bem contada nunca perde seu brilho. Essas histórias focam em públicos específicos, por isso as vezes atraem um pré-conceito quando não encaixam em um certo gosto, elas se dividem principalmente em “Shonen”- estilo focado no público infantil e adolescente masculino; “Shoujo”- foca no público feminino; E “Seinen” – histórias mais focadas no público adulto.
O mundo dos animes e mangás é imenso, tendo início real em 1946, com Osamu Tezuka e seu título “Shin Takarajima” (a verdadeira ilha do tesouro), depois ele veio a produzir “Kimba”, dita esta a história que antecedeu o rei leão, a característica marcante eram as linhas suaves, menos ligadas a estética do corpo, e principalmente os olhos grandes nos desenhos. Desde então, o estilo de desenho e modo de contar essas histórias se tornou parte inclusive da cultura e fator importante na economia japonesa.

A animação japonesa chegou ao Brasil bem antes da publicação oficial de mangás; houveram três fases mais distintas, uma introdução nos anos 80 com animes de baixo custo vindo de emissoras latinas e norte americanas, alguns tiveram o prazer de conhecer obras como Zillion, Piratas do Espaço, Nick e Neck, Macross/Robotech, entre outras muitas que passaram na tv aberta em meio a vários desenhos animados; A segunda fase foi encabeçada por Cavaleiros do Zodíaco, um Shonen (estilo para garotos) com lutas, daí então outros famosos e queridos como Fly, YuYu Hakusho e o sucesso mais conhecido que a Coca-Cola, Dragon Ball, pegaram o barco até uma terceira fase; a dos fansubers, grupos de fãs encarregados de legendar animes do japonês para outras línguas sem a espera das TVs abertas, estes trabalhavam apenas com o intuito de divulgar essas historias tão maravilhosas e sem real ganho financeiro.

No começo de 2002, os mangás (história contada em quadrinhos) ganharam repercussão no Brasil e começaram a ser traduzidos e editados aqui em nosso país, e de imediato abocanharam boa parte dessa indústria. Um ponto válido seria a comparação desses formatos: nas HQs US de heróis, temos histórias livres e sem uma perspectiva de fim, geralmente os protagonistas são imortalizados geração após geração; nos mangás ocorre de as obras serem mais fixas a início, meio e fim, o mesmo vale nos desenhos animados em verso aos animes.
Dos anos 90 ao meado da última década, os fãs do estilo mangá/anime, chegaram ao auge, hoje em dia com a facilidade das TVs a cabos e também com a grande quantidade/facilidade de conseguir animes, os fãs estão migrando para o estilo de história das séries norte-americanas. Ficou difícil fazer uma triagem dos animes realmente bons, além da promessa de séries de alta qualidade nos canais de TV fechada.
Esta é uma pequena parte da imensidão desse mundo de histórias que estou tentando contar nesse resumão.

Bom Pessoal essa é a história básica do desenvolvimento de Mangá/Anime durante a história, bom como Diz o título da matéria PORQUE LER MANGÁ E ASSISTIR ANIME, bom no começo da matéria eu di algumas explicações rasas sobre o assunto, aqui vai a minha explicação final, como um bom livro ou Filme, Mangás/Animes possui várias história com temas diferentes, muitas vezes contada por anos e anos você cresce juntamente com aquele mangá/anime e você acaba criando um vinculo com o mundo do Mangá/Anime os personagens e suas vidas, acho que todos deveriam ter seu mangá/anime para ler e acompanhar, crianças aprendem muito sobre valores com essas obras, conhecem um pouco das culturas pregadas nas obras e também ajudam a se tornar pessoas melhores, mas isso não quer dizer que apenas crianças devem ler assistir mangas e animes, pois eu já sou um adulto e desde que sou pequeno gostava dessas obras, então posso me usar como uma experiência para essa matéria, pois muitas coisas que eu aprendi foram devidos a mangás e animes que eu li e assisti, Mangas/Animes contam uma historia que te cativa as vezes te faz chorar e rir, uma obra assim em meu ver é algo divino pois você levara alguns ensinamentos para sua vida, bom é esse meu ver, mas acho que se você tem essa pergunta do “porque” em sua cabeça você deveria vivenciar essas obras para então compreender essa questão, eu indico alguns mangás e animes que eu considero cativantes e bons, tais como One Piece, Naruto, Death Note, Dragon Ball(todas as séries), Nanatsu No Taizai, Full Metal Alchemist, Blue Exorcista esses são alguns, mas eu acho que cada pessoa vê uma obra diferente de outra pessoa, então ache o seu anime e mangá que você realmente goste e o vivencie pois você não irá se arrepender.

 chapeu de javali notcias de animes, mangas, jogos e afins - Blue exorcist

Leave a Reply