Nanatsu no Taizai Análise Capítulo 196 – A Maldição de Meliodas

Nanatsu no Taizai 196 – A Maldição de Meliodas

nanatsu-no-taizai-196-analise

Fala galera do Chapéu de Javali, trago hoje para vocês a análise de Nanatsu no Taizai #196, capítulo muito bem desenvolvido, no qual podemos ver o tio Escanor dando as caras de volta, sem mais delongas bora comentar este capítulo.

SE VOCÊ AINDA NÃO LEU O CAPÍTULO SEGUE O LINK AQUI

Começamos o capítulo logo após Meliodas sem piedade alguma acabar com Fraudrin, Hawk acorda e não se lembra de nada, pois ele estava em sua forma “demoníaca” junto a ele está Elizabeth, Elizabeth consola Hawk dizendo que a MAMA está viva, Escanor finalmente retorna, e encontra Merlin, mas o encontro dos dois foi meio morninho, pensei que seria algo mais impactante, Merlin cita que era de se esperar do pecado do orgulho ter lutado e estar sem ferimentos graves, e Escanor orgulhoso como sempre diz que ele tinha absoluta certeza que ele estaria bem HAHA nada humildade esse bigodudo.

merlin-e-escanor

Ban passa por Meliodas mas nem sequer consegue olhar nos olhos dele, Ban diz que irá pegar uma bebida para brindarem a vitória, ficou um clima bem tenso nesta parte, da de ver que Ban está bem repreensivo com Meliodas, Escanor comenta com Merlin que eles viram Meliodas morrer e como é possível ele ainda estar vivo, Merlin explica a maldição de Meliodas, dizendo que ele pode reviver sempre que for morto, sendo a maldição que o rei dos demônios colocou nele, mas cada vez que ele volta tem seus sentimentos sugados e se torna mais parecido com quem ele era, quando era intitulado de “O demônio mais poderoso“, achei uma puta maldição, pois Meliodas esta destinado a nunca morrer e a cada vez que volta tem seus sentimentos perdidos.

maldicao-de-meliodas

Podemos ver o velório de alguns cavaleiros, que acabaram morrendo na luta contra Grayroad e Fraudrin, sendo eles Denzel, Gustav, Doggedo e Marmas, Jericho fica desolada pela morte de seu irmão Gustav e culpa Hendrickson e Dreyfus por manipularem os demônios, mas ela é impedida por Howzer que diz que eles também foram vítimas dos demônios, o Rei de Liones diz que quer que Dreyfus e Hendrickson voltem e se juntem com os demais.

mortos-na-guerra-nanatsu

Meliodas está no que um dia foi o Chapéu de javali, todo destroçado, então ele faz uma comida e pega uma bebida, enquanto Elizabeth chega, Elizabeth come com ele e diz que a comida tem gosto de uma pessoa muito gentil, fazendo com que Meliodas fique sério e pensativo, Meliodas diz quem se sentiu muito bem ao matar Fraudrin e ainda se sente com a mesma sensação, e diz ter medo de voltar a ser quem ele era, Elizabeth o abraça e diz que ela sempre estará ao seu lado. Encerrando assim o capítulo 196, podemos ver que o capítulo 197 será intitulado de “A resposta de cada um“.

nanatsu-no-taizai-196-analise

Bom galera é isso, curti bastante o capítulo, achei incrível a maldição do Meliodas, e muito triste também, gostei muito da volta do Escanor, e o Ban percebeu que seu amigo mudou, assim como todos, será que iremos ver um Meliodas Mal de verdade, sem sentimentos algum ? espero que sim, por um breve momento, e agora cadê Gloxinia e Dolor? seria interessante se eles lutassem com King e Diane, e nosso amigo Gowhter por onde anda ? muitos mistérios e curiosidades hehe, bom galera é isso, um abraço a todos e até a próxima.

Leia mais análises de Nanatsu no Taizai AQUI

Leave a Reply